A NEUROSE OBSESSIVA - COMPANHIA DE FREUD

A NEUROSE OBSESSIVA - COMPANHIA DE FREUD

Código: 9788585717780 (CO)

Categorias: Lacan / Lacan


Autor: CHARLES MELMAN

Tradução: INESITA MACHADO

Editora: COMPANHIA DE FREUD

Ano: 2004

Número de páginas: 130

Categoria Principal: Lacan



R$60,00

até 2x de R$30,00 sem juros

1 unidade em estoque.

Em estoque

Compre com segurança

Compartilhe

O que proponho imediatamente à atenção de vocês é que o pai que o obsessivo visa é, primeiramente, para o obsessivo, o pai que está no Outro. È aquele que Lacan chama de ao-menos-um. E o obsessivo visa este pai que esta no Outro, o ao-menos-um. Também quer dizer aquele que esta no Real, e ele o visa tentando castrá-lo por seu amor. Castrar o pai por seu amor? Que historia é esta? Esta historia é a mesma de nossa religião, o pai que amamos na religião enquanto ele é puro amor por seus filhos e enquanto renunciou ao sexo. Para os gregos e para os romanos tal coisa nunca existiu, é uma criação, uma força de nossa religião ter estabelecido um pai que nos ama, que para nós é puro amor, mas que, ele mesmo, é fora do sexo. E é por isto que dou esta pequena nota clínica com freqüência, o obsessivo ama seus avós. Vocês sempre vão poder verificar isto: ele sempre tem um apego particular pelos avós. Vocês me dirão, atenção, mas o Deus judeu é um Deus que não é somente puro amor, é um Deus ciumento, e também é um Deus guerreiro mas aí está a força própria, a invenção, a criação de nossa religião é um Deus fora-do-sexo.

Abertura do Encontro ......................................... 7

A neurose obsessiva pelo viés da histeria ............ 8

O inconsciente no Real ..................................... 16

Como se desfazer? ........................................... 20

O pai vivo se autoriza do pai morto .................. 27

A propósito do ensino....................................... 35

Questões.......................................................... 38

O que se diga fica esquecido por trás do que se diz naquilo que se ouve.................... 45

Foraclusão da castração ..................................... 48

Questões.......................................................... 57

Não é a anatomia que faz o destino................. 66

Nas novas patologias ....................................... 76

Os semblantes.................................................. 87

O pai no final de análise .................................. 89

O pai no real, no simbólico, no imaginário... ... 93

A questão dos ratos........................................ 102

A relação do obsessivo com o outro ............... 117



RECEBA NOSSAS OFERTAS
E LANÇAMENTOS

Forma de pagamento

Forma de pagamento