UMA AVENTURA NO TERRITÓRIO DA FALTA

UMA AVENTURA NO TERRITÓRIO DA FALTA

Código: 9788577240968 (CO)


"CURSO" DE INTRODUÇÃO AOS FUNDAMENTOS DA TEORIA E CLÍNICA LACANIANAS



Autor: Arlete Mourão

Editora: Companhia de Freud

Ano: 2011

Nº de Páginas: 247

Categoria Principal: Lacan



R$50,00

até 2x de R$25,00 sem juros

2 unidades em estoque.

Em estoque

Compre com segurança

Compartilhe

O livro relata a elaboração dos efeitos de uma experiência com o inconsciente, realizada durante vinte e cinco anos, abordada a partir da obra de Jacques Lacan. Está organizado em três partes - fundamentos da teoria, fundamentos da clínica e fundamentos da formação de um psicanalista. Cada uma delas encontra-se distribuída em diferentes tópicos.

PREFÁCIO 13

APRESENTAÇÃO 15

PARTE I - FUNDAMENTOS DA TEORIA 21

I - INTRODUÇÃO 23
1. Contextualização e objetivos do curso 23
2. Contextualização histórica: a implantação do lacanismo no Brasil 28

II - JACQUES LACAN 33
1. O homem Lacan 33
2. A obra lacaniana 36
O Surrealismo (1936 a 1953) 38
O Estruturalismo (1953 a 1964) 39
A Lógica-matemática: a Topologia (1964 a 1980) 40

III - PRIMEIRO LACAN: A TÓPICA DO IMAGINÁRIO
(1936 a 1953) 43
1. Introdução à dimensão do imaginário (O retorno a Freud) 43
2. O conceito de Inconsciente 45
3. O Eu e o outro (O Surrealismo) 46
O estádio do espelho I - Esquema L 47
4. O Eu e o Outro (hegelianismo) 50
O estádio do espelho II 50

IV - PRIMEIRO LACAN: A TÓPICA DO SIMBÓLICO
(1953 a 1964) 53
1. Introdução à dimensão do simbólico 53
2. O simbólico e o Inconsciente 59
3. A teoria do significante (Saussure, Jakobson, a Psicanálise) 61
O significante de Ferdinand de Saussure 62
O significante de R. Jakobson 66
A transposição para a Psicanálise 68
4. O sujeito do. inconsciente 69
O sujeito e o Outro 70
O grafo do desejo 73
Os círculos 75
A alienação e a separação 77
Os dois campos da subjetividade:

5. O sujeito e seu tempo: o tempo lógico 80
6. O desejo inconsciente 83
Freud: o desejo e a pulsão 84
Lacan: o desejo e a falta 85
O desejo é o desejo do Outro: o que o Outro quer? 87
Sobre o falo 89
Sobre o gozo 90
7. O complexo de castração 91
O Édipo e o espelho
(a identificação imaginária - O Eu Ideal) 92
Os três tempos do Édipo
(a identificação simbólica - o Ideal do Eu) 93
A Metáfora Paterna 96
O Nome-do-Pai/A Lei do Pai 98
8. As posições subjetivas e a lógica fálica
(o masculino e a histérica) 99
9. As estruturas subjetivas (Neurose, Perversão e Psicose) 103
A estrutura neurótica 104
A histeria 105
A neurose obsessiva 106
A fobia (Síndrome de pânico) 107
A estrutura perversa 107
O sadomasoquismo
(com a variação do exibicionismo) 108
O fetichismo 109
O homossexualismo 109
A estrutura psicótica 110
Autismo 111
Esquizofrenia 111
Paranoia 112
10. Considerações sobre a teorização do simbólico. 112

V- SEGUNDO LACAN: A TÓPICA DO REAL
(1964 a 1980) 117
1. Introdução à dimensão do real 117
2. O real e a topologia (RSI e o nó borromeu) 119
3. Do falo ao objeto a 122
4. Os gozos e a sexuação 125
A lógica fálica: gozo fálico e gozo do Outro 127
A lógica não-toda: o Outro gozo 128
5. Do significante à letra (identificação ao sinthome) 133
6. O campo da Psicanálise: a teoria dos quatro discursos 135
A estrutura matêmica dos discursos 137
Implicações da teoria dos discursos 143
7. Considerações sobre a teorização do real 145
8. Considerações sobre os fundamentos da teoria 147

PARTE I I - OS FUNDAMENTOS DA CLÍNICA 151

I - INTRODUÇÃO 153
1. Campo da Psicanálise x Campo da Psicoterapia 155
2. A indicação para Psicanálise 160
3. A lógica do trabalho analítico 161
A lógica do corte 163

II - O INÍCIO DE UMA PSICANÁLISE (INSTANTE DE VER) 167
1. A demanda de análise 167
(a suposição de um saber inconsciente)
2. As entrevistas preliminares e a entrada em análise 168
3. Ética x Técnica 169
O contrato 170
A regra da associação-livre 172
O pagamento 173
O tempo das sessões e da análise 174
4. A retificação subjetiva 176

III - O PERCURSO DE UMA ANÁLISE (TEMPO DE COMPREENDER) 179
1. O trabalho de transferência 179
2. A transferência em Freud 181
3. A transferência em Lacan 183
4. O manejo da transferência 188
5. O desejo do analista 191
O desejo do analista e o Sujeito suposto Saber 192
O desejo do analista e o semblante do objeto a 193
6. Pontuações x Ato analítico 195

IV - O FINAL DE UMA ANÁLISE (MOMENTO DE CONCLUIR) 199
1. Final da análise x saídas da análise 199
2. Lacan e as saídas de uma análise 200
Saída pela destituição subjetiva (pere-version) 203
Saída pela perversão (recusa da destituição subjetiva) 205
Não saída (eternizaçâo do Outro) 207
3. A função do analista no fim de uma análise 208

PARTE III - FUNDAMENTOS DA FORMAÇÃO DE UM PSICANALISTA 211

I - A FORMAÇÃO 213
1. O interminável daquilo que termina (o autorizar-se) 213
2. Contextualização histórica da formação 215
3. O que é um psicanalista 219

II - A TRANSMISSÃO DA PSICANÁLISE 223
1. Do trabalho de transferência à transferência de trabalho 223
2. O Cartel e a função do mais um 224
3. O estudo teórico na formação de um psicanalista 226
A experiência do analisante 227
A experiência do analista 228
4. A função da interlocução 229

III - A INSTITUIÇÃO PSICANALÍTICA 231
1. A rede de transferências de trabalho 231
2. O autorizar-se na instituição: o alguns outros 232
3. A instituição como mal necessário 233
4. Os enlaces interinstitucionais e a política da Psicanálise 234
5. Uma nota sobre a questão de uma regulamentação da Psicanálise 235

PARA NÃO CONCLUIR 239

BIBLIOGRAFIA 243



RECEBA NOSSAS OFERTAS
E LANÇAMENTOS

Forma de pagamento

Forma de pagamento