A CRIANÇA ADOTIVA E SUAS FAMÍLIAS

A CRIANÇA ADOTIVA E SUAS FAMÍLIAS

Código: 9788585717636 (CO)

Categorias: Infância / Mais Vendidos


Autor: Nazir Hamad

Tradução: Sandra Regina Felgueiras

Prefácio: Charles Melman

Editora: Companhia de Freud

Ano: 2002

Nº páginas: 160

Categoria Principal: Infância



R$60,00

até 2x de R$30,00 sem juros

3 unidades em estoque.

Em estoque

Compre com segurança

Compartilhe

Esta obra é uma profunda reflexão sobre a adoção e permite assim colocar de outra forma de questão essencial. Trata-se do desejo de criança, da esterilidade biológica e dos remédios que a isso a ciência moderna quer trazer. Ou, ainda, da questão que representa a adoção na vida internacional.

Cegonha e cientificidade, por Charles Melman 11

Introdução 13

1. A demanda de adoção 21
Há um direito à adoção? 21
O Estado deveria estimular a adoção? 22
Um lugar para o qual dirigir sua queixa 23
Por que se associam psis aos dispositivos de acolhida de candidatos? 24
Existem critérios de seleção? 26
Algumas conseqüências inesperadas suscitadas pela rejeição de candidatura 28
É preciso ponderar as respostas 29

2. O Pacto Civil de Solidariedade 33
Os dois eixos de fratura 33
Quando os psis se metem nisso 35
O que é uma verdadeira monoparentalidade? 39
É preciso nuançar as afirmações 42

3. O projeto de adoção 45
O casal não é uma pessoa 46
O lugar do sujeito na economia do casal 46
A adoção se foz por três gerações 48
As sensibilidades dos candidatos 49

4. A escolha da criança 53
A escolha cultural 54
O peso da História 56
A referência ao Outro sagrado 57
Laicidade e inclusões religiosas 58
Dois pontos de vista de especialistas religiosos 59
A adoção na religião judaica 59
A adoção e a religião muçulmana 61

5. As motivações 65
O Outro que poderia nos fazer justiça 65
Sofrimento e traumas 66
Você não conseguiu se fazer entender 67
Recusa de fazer o luto 68
Procedimento pelo lado da vida 68
Saúde precária e doenças graves 69
Pulsão de vida e pulsão de morte 69
A escolha do sexo da criança 70
Os celibatários 73

6. O desejo de criança 75
Desejo da mãe e dívida com o pai 75
Luto da gravidez 77
Os três desejos 79
O desejo de criança que já está aí 80
Luto e desejo inconsciente 81
O encontro 83
A criança desejada 86

7. O que constitui a família? 91
Cortes e continuidade 93
Adotar mais de uma criança 95
O laço de sangue 96
Referir-se à lei 97
Os complexos familiares 98
Deve-se proteger uma criança adotiva de sua fratria biológica? 99
A adoção como conseqüência lógica da acolhida 100
O destino é sempre diferente 101
Ver as coisas do ponto de vista lega!.. 102
Por que se deve proteger uma criança de sua fratria? 1 04
Quando a criança não viveu com os pais de nascimento 105
O significantes ¿irmão¿ e ¿irmã¿ 106

8. A revelação 109
A revelação: quando e por quê? 109
Nós te adotamos 110
O que o adulto esconde não é necessariamente o que a criança teme 111
O direito de saber 115
A verdade 116
Dizer a verdade, sim, mas qual? 117

9. Cultura e país de origem 121
A adoção internacional é a solução ideal para o problema de queda de natalidade na Europa? 122
Quando o abandono se mostra em todo o seu horror 122
Um quadro clínico grave, mas não irreversível 125
Um destino singular 127
Adoção, cultura, enxerto 128
Pensar a cultura em termos de estrutura linguageira 129
Acompanhar o desejo da criança 130

10. Em que idade se deve adotar? 133
As três idades 134
A família de acolhida é prioritária 135
A família de acolhida autoriza a criança 136
Questões narcísicas: família de acolhida, família adotiva 137

11. A criança adotiva não é uma criança com particularidades .. 139
A angústia em relação ao não-conhecido 139
Esquecer que é um filho adotivo 141
Tive dois pais 143
A questão do verdadeiro 145
Uma particularidade particular 146
Apressar-se docemente 148

12. E, no entanto, isso funciona 151



RECEBA NOSSAS OFERTAS
E LANÇAMENTOS

Forma de pagamento

Forma de pagamento