AFETO E LINGUAGEM NOS PRIMEIROS ESCRITOS DE FREUD

AFETO E LINGUAGEM NOS PRIMEIROS ESCRITOS DE FREUD


Autor: MONIQUE SCHNEIDER
Tradução: MÔNICA M. SEINCMAN
Editora: ESCUTA
Ano: 1993
Número de páginas: 101
Categoria principal: Freud

leia mais

R$37,32

até 8x de R$5,31

1 unidade em estoque.

Em estoque

Compre com segurança

Compartilhe

A pretensão do ensaio de Monique Schneider é a desmontagem da leitura lacaniana centrada no simbólico, já que aquela implicava a eliminação da problemática do afeto. Essa pretensão pode não ser imediatamente evidente, à medida que a autora não se propõe a realizar uma interpretação total do discurso freudiano, mas se restringe a um período bem delimitado da obra de Freud, circunscrevendo o seu trabalho ao momento que antecede A interpretação dos sonhos.

I. A hipótese inicial: do traumatismo à ab-reação 9

1. O afeto como traumatismo ............... 14

2. Os fatores terapêuticos: linguagem e afeto................... 18

II. A expressão catártica e seus limites 35

1. Arma, a talking cure e a linguagem dramática....................... 35

2. A fuga ante o afeto........................... 51

3. O preço da evocação: afeto e representação ................... 60

4. Tomada de consciência e Annahme .. 69

5. Expressão emocional e linguagem ..... 80

6. O traumatismo impossível................. 91



RECEBA NOSSAS OFERTAS
E LANÇAMENTOS

Forma de pagamento

Forma de pagamento