FREUD E REICH - CONTINUIDADE OU RUPTURA?

FREUD E REICH - CONTINUIDADE OU RUPTURA?

Código: 9788532305565

Marca: Summus


Livro com as páginas amareladas, devido ao ano de edição.



Autor: CLÁUDIO MELLO WAGNER
Editora: SUMMUS
Ano: 1996
Número de páginas: 130
Categoria principal: Teoria psicanalítica

leia mais

R$51,00

até 2x de R$25,50 sem juros

1 unidade em estoque.

Em estoque

Compre com segurança

Compartilhe

Livro com as páginas amareladas, devido ao ano de edição.

O objetivo deste livro é verificar se as diferenças entre Freud e Reich, efetivamente, implicam uma ruptura entre ambas as escolas ou se podem ser superadas. O fio condutor do pensamento do autor é a análise dessas diferenças, revelando que em muitas circunstâncias os motivos responsáveis pela ruptura foram muito menos de caráter teórico, mas resultado de atitudes políticas ou pessoais.

Livro com as páginas amareladas, devido ao ano de edição.

Uma psicanálise... também reichiana! 7

Além do silêncio e do ressentimento 11


I. INTRODUÇÃO 17

II. AS QUESTÕES HISTÓRICAS DA RUPTURA REICH x PSICANÁLISE (Sistemática de análise histórica: da atualidade aos primórdios da disputa) 23

Razões atuais 24

Trabalhos corporais atuais 25

Utilização recente de algumas idéias de Reich 27

Opinião dos historiadores sobre a obra e a personalidade de Reich 29


Razões originais 33

A história oficial (conteúdo manifesto) 34

Uma outra versão (conteúdo latente) 37

O pano de fundo 43

O Jovem Freud 56

O rei está nu: Reich insiste nas teses de Freud sobre sexualidade e cultura 60

A peste emocional: boatos sobre a loucura de Reich e outros dissidentes 68


III. QUESTÕES POLÊMICAS 73

O silêncio de Freud: motivos científicos ou ideológicos? 74

A correspondência Freud-Reich: a repressão que persiste 77

O que é psicanálise? As diferentes vertentes psicanalíticas 79


IV. QUESTÕES TEÓRICAS 85

Por que só Freud e Reich 85

Para ler Reich 87

Os fundamentos teóricos da psicanálise de Freud e da economia sexual de Reich 88

Processos anímicos inconscientes, a teoria da repressão, a sexualidade, o complexo de Édipo 89

Alguns conceitos da teoria reichiana 98


V. APÊNDICE: UM DUELO DE TITÃS

(Os conceitos de homem e de cultura em Freud e em Reich) 105

NOTAS 119

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS 127

Uma psicanálise... também reichiana! 7

Além do silêncio e do ressentimento 11


I. INTRODUÇÃO 17

II. AS QUESTÕES HISTÓRICAS DA RUPTURA REICH x PSICANÁLISE (Sistemática de análise histórica: da atualidade aos primórdios da disputa) 23

Razões atuais 24

Trabalhos corporais atuais 25

Utilização recente de algumas idéias de Reich 27

Opinião dos historiadores sobre a obra e a personalidade de Reich 29


Razões originais 33

A história oficial (conteúdo manifesto) 34

Uma outra versão (conteúdo latente) 37

O pano de fundo 43

O Jovem Freud 56

O rei está nu: Reich insiste nas teses de Freud sobre sexualidade e cultura 60

A peste emocional: boatos sobre a loucura de Reich e outros dissidentes 68


III. QUESTÕES POLÊMICAS 73

O silêncio de Freud: motivos científicos ou ideológicos? 74

A correspondência Freud-Reich: a repressão que persiste 77

O que é psicanálise? As diferentes vertentes psicanalíticas 79


IV. QUESTÕES TEÓRICAS 85

Por que só Freud e Reich 85

Para ler Reich 87

Os fundamentos teóricos da psicanálise de Freud e da economia sexual de Reich 88

Processos anímicos inconscientes, a teoria da repressão, a sexualidade, o complexo de Édipo 89

Alguns conceitos da teoria reichiana 98


V. APÊNDICE: UM DUELO DE TITÃS

(Os conceitos de homem e de cultura em Freud e em Reich) 105

NOTAS 119

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS 127



Forma de pagamento

Forma de pagamento