O TEMPO E O CÃO - A ATUALIDADE DAS DEPRESSÕES

O TEMPO E O CÃO - A ATUALIDADE DAS DEPRESSÕES


Autor: Maria Rita Kehl

Editora: Boitempo

Prêmio Jabuti 2010 - Livro do Ano de Não Ficção

Ano: 2015- 2ª Edição

Número de páginas: 310

Categoria Principal: Psicopatologia



item indisponível0 unidades em estoque.
  Avise-me quando disponível

Não disponível

Compre com segurança

Compartilhe

Escrito a partir de experiências e reflexões sobre o contato com pacientes depressivos, o livro aborda um tema que, apesar de muito comentado, é pouco compreendido. Para abordá-lo, Maria Rita faz um apanhado do lugar simbólico ocupado desde a Antiguidade clássica até meados do século XX, quando Freud trouxe esse significante do campo das representações estéticas para o da clínica psicanalítica. O livro toca também na relação subjetiva dos depressivos com o tempo, chamado pela autora de temporalidade. Para a construção deste pensamento, são utilizados conceitos dos filósofos Henry Bergson e Walter Benjamin, ambos dedicados à reflexão sobre essa questão.

Introdução - Depressão, temporalidade, sintoma social 13


Primeira Parte - Da melancolia às depressões 37

I A atualidade das depressões 39

II Um sujeito em desacordo com o Bem 61

III Melancolia e fatalismo 81

IV A recusa do depressivo 103


Segunda Parte - O tempo e o cão 109

V Os tempos do Outro 111

VI Bergson e a duração 137

VIl Temporalidade e experiência 153

VIII A melancolia de Baudelaire e a lírica do choque 169


Terceira Parte - O recuo depressivo 191

IX Ceder de seu desejo: o vazio depressivo 193

X A depressão, terra de ninguém entre ser e ter 227

XI Um fantasma insuficiente 251


Epílogo - Condições sociais da transmissão da depressão 273

Bibliografia 299

Sobre a autora 311
 



RECEBA NOSSAS OFERTAS
E LANÇAMENTOS

Forma de pagamento

Forma de pagamento