PSICOLOGIA MÉDICA - ABORDAGEM INTEGRAL DO PROCESSO SAÚDE-DOENÇA

PSICOLOGIA MÉDICA - ABORDAGEM INTEGRAL DO PROCESSO SAÚDE-DOENÇA

Código: 9788536327549

Marca: Artmed


Autor: Ana Cecilia Lucchese e outros
Editora: Artmed
Ano: 2012
Nº páginas.: 383
Categoria Principal: Psicologia da Saúde

leia mais

R$98,00

até 2x de R$49,00 sem juros

1 unidade em estoque.

Em estoque

Compre com segurança

Compartilhe


Esta obra procura reunir a teoria da área de medicina a exemplos práticos, visando proporcionar a oportunidade de pensamento sobre o fazer e a importância da relação médico-paciente no processo saúde-doença. Busca responder perguntas tais como entrevistar um paciente, o que perguntar, se deve-se utilizar um questionário fechado ou deixá-lo falar livremente, em que momento e como interrompê-lo, como observar seu estado psíquico e emocional, o que fazer se ele chorar, entre outras.

Introdução 25

Parte I
VISÃO GERAL

1. A medicina da pessoa 31
Um pouco de história - saúde-doença: evolução do conceito 31
Período pré-histórico 31
Período histórico - primórdios 33
O antigo Século das Luzes 35
Medicina romana 42
Período medieval 42
A Renascença 43
A era da razão e da observação 45
O Iluminismo 45
A construção do modelo biomédico 49
Descartes e o modelo biomédico 51
Foucault e a evolução do saber em medicina 51
A construção do modelo biomédico e o ensíno médico 52
O complexo de Procusto 53
O resgate do psíquico e a construção do modelo biopsicossocial na prática e no ensino em medicina 54
Freud e a psicanálise 55
A Integração do estudo e do treinamento das aptidões psicológicas nos currículos 56
A psicologia médica como estudo da relação e da comunicação 57
O estudo da comunicação e o currículo médico .58
Referências 60


Parte II
COMUNICAÇÃO E RELAÇÃO

2. Modelos de comunicação e comunicação em saúde 63
Modelos de comunicação humana 64
Comunicação e humanização 65
Os padrões vinculares e a constituição do sujeito 67
Natureza e cultura 68
Comunicação em saúde 70
Referências 71

3. Comunicação em saúde e os meios de informação e comunicação 74
O paciente informado 74
Internet 76
Internet e saúde 77
Os profissionais da saúde e a Internet 78
Internet e saúde: prós e contras 79
O profissional diante do paciente informado 81
Referências 82

4. Desenvolvimento das capacidades comunicacionais 84
Habilidades de comunicação e entrevista 84
Os desafios a serem enfrentados pelo futuro médico ou por que é importante para o futuro médico aprofundar-se no conhecimento das habilidades de comunicação 85
Desenvolvimento das capacidades 91
Encontrando com o outro 92
Observando 92
Identificação de perspectivas 94
Criação e ampliação da continência 95
Criação e ampliação da empatia 97
Discriminação dos canais de comunicação 98
Referências 99
Leitura sugerida 99

5. A dinâmica vincular na relação médico-paciente 100
Transferência-contratransferência e o estudante de medicina 1 01
Os padrões de relacionamento 103
Referências 1 04

Parte III
A ENTREVISTA

6. A dinâmica da observação e registro 107
Continuidade dos cuidados 109
O registro das informações 111
Referências 113

7. Fases e técnicas de entrevista 115
A fase de recepção 115
O pano de fundo 115
O contato inicial 116
A fase de exploração da entrevista 117
O que perguntar? 118
Como perguntar? 119
Por que é importante perguntar sobre a vida pessoal? 119
A fase de resolução da entrevista 121
Etapa informativa 122
Etapa negociadora 122
Referências 123

8. O exame físico do paciente: aspectos psicológicos 124
O exame íntimo 124
O exame nas diferentes fases da vida 125
Questões de gênero 126
Questões culturais 127
Referências 1 27

9. O exame psíquico 128
Em busca do psíquico 128
Apresentação, aspecto e comportamento geral 129
Consciência 130
Atenção 131
Orientação 132
Memória 133
Inteligência 135
Sensopercepção 136
Pensamento 137
Juízo e crítica 139
Linguagem 140
Humor e afeto 140
Vontade e pragmatismo 141
Referências 142

Parte IV
CONSTITUIÇÃO PSÍQUICA E SUBJETIVIDADE

10. Introdução à subjetividade humana 145
A constituição do psiquismo - da sensação ao afeto 1 4S
Os afetos e as palavras 149
Caso clínico 151
Defesas contra a angústia 1 56
Mecanismos de defesa 156
Negação 1 57
Recalque 157
Projeção 157
Racionalização 1 58
Formação reativa 158
A angústia e as defesas do profissional 161
Transferência e contratransferência 162
Concluindo 163
Referências 164

Parte V
O CICLO DE VIDA E MORTE, FASES E DINÂMICAS, CRISES, DESADAPTAÇÕES E PSICOPATOLOGIAS E ASPECTOS INERENTES À RELAÇÃO MÉDICO-PACIENTE

11. O ciclo da vida e da morte: introdução 169
Referências 171

12. Gestação, parto e puerpério 172
Primeiro trimestre: o começo da gestação 175
Segundo trimestre: o melhor momento? 176
Terceiro trimestre: e então? É para quando? 177
O momento do parto 179
Puerpério 182
Referências 186

13. A infância: introdução 187
A primeira infância: os três primeiros anos 187
O bebê na família: primeiras experiências sociais 187
A criança, seu desenvolvimento e seus dinamismos psíquicos 194
Primeira infância: 1 a 3 anos 194
Segunda infância: dos 3 aos 6 anos 200
Terceira infância: idade escolar 205
Referências 208

14. A infância: especificidades 209
Especificidades do desenvolvimento na infância 209
A constituição de um ser social 209
A aquisição da leitura e da escrita: quando tudo isso começa? 214
Primeiro ano 216
12 a 24 meses 217
24 a 36 meses 217
3 a 4 anos 218
5 a 7 anos 219
7 a 1 O anos 220
O brincar e sua função nas diferentes faixas etárias 225
Violência física e abuso sexual na infância 231
Psicopatologia na infância: o que um médico pode observar e como intervir a favor da saúde mental nessa fase? 233
Detecção precoce de fatores de risco de patologias mentais graves 233
Referências 243

15. A puberdade e a adolescência 244
A puberdade 244
A adolescência 249
O processo adolescente 249
Os rapazes 250
As moças 250
Crise de identidade 251
Identidade sexual 251
O grupo 252
Psicopatologia 256
Caso clínico 256
A família 257
Uma ilustração bastante curiosa 259
Referências 265

16. A idade adulta 266
O jovem adulto 267
O amor e o sexo 267
O pensamento 268
A saúde 268
O trabalho 269
A meia-idade 273
A família 277
Mudanças físicas 277
Sexualidade 279
A idade da sabedoria 280
O trabalho 280
Prevenção 281
Referências 281

17. A terceira idade: ponto final? 282
Referências 294

18. A morte na cultura, nos hospitais, no indivíduo 29S
Morte e luto durante o ciclo de vida 295
Preparando as crianças para entender o fenômeno morte 297
Como a criança internaliza a noção de morte 298
A cultura 299
A morte, a medicina e os hospitais 301
Referências 304
Leituras sugeridas 305
Anexo 18.1 306
O desenvolvimento da inteligência segundo a teoria piagetiana 306
Referência 309

Parte VI
O PROCESSO DE ADOECER
19. O adoecer como processo 313
A intervenção que faz a diferença 313
Cura e cuidado: natureza e tecnologias 315
Os poderes curativos da natureza 315
O efeito placebo 316
Cura e cuidado 317
Cuidados paliativos 318
Saúde mental e cuidados paliativos 329
O cuidado com os cuidadores 333
O papel da intervenção em saúde mental 333
Referências 335

20. Reações e crises 337
Doenças agudas 337
Regressão 338
Negação 339
Depressão 339
Cirurgias 340
Transplantes 340
Hemodiálise 341
Oncologia 341
Referências 342
Leitura sugerida 342

21. A família e o adoecer 343
Referências 345

Parte VII
DILEMAS E SITUAÇÕES CRíTICAS
22. A ética e seus dilemas 349
Abordagem autoritária 351
Abordagem puramente facilitadora 351
Abordagem de facilitação ética 351
Planejando um doador 352
A escolha de Maria 353
A despedida 353
Josué quase perdeu o pé 354
Incorporando a dimensão ética à formação e ao exercício profissional 355
Referências 356
22. Situações e relações difíceis 357
Consultas e encontros difíceis 357
Lidando com as situações difíceis 360
Doze segundos que fazem a diferença 360
Suspender os juízos de valor e adotar uma atitude avaliadora 360
Percepção das próprias emoções 360
Não tomar as dificuldades ou as limitações como algo pessoal. 361
Tentar mudar o padrão de comunicação 361
Reconhecer transtornos mais graves 361
Aceitar limitações 362
Buscar ajuda 362
Referências 362

24. Comunicação dolorosa 363
Cuidando da comunicação com a família 365
O que é uma má notícia 366
O preparo do profissional 366
Atendendo uma solicitação de assessoria 366
Reações a más notícias 368
Fatores que influenciam a resposta a más notícias 369
Orientações e métodos para a comunicação de más notícias 371
Referências 372

25. Sobre os relatórios de entrevista 374
O relatório 374
Roteiros de entrevista de psicologia médica 375
Gestação 375
O bebê (0-1 ano) 376
Criança de 1 a3anos 377
Criança de 3 a 6 anos 378
Criança de 6 a 12 anos 379
Adolescência 380
Adulto 381
Terceira idade 382
Paciente terminal 382
Familiares de luto 383



RECEBA NOSSAS OFERTAS
E LANÇAMENTOS

Forma de pagamento

Forma de pagamento