VIOLÊNCIAS

VIOLÊNCIAS

Código: 9788571372047 (CO)

Marca: Escuta


Autor: ISABEL DA SILVA KAHN MARIN
Editora: ESCUTA
Ano: 2002
Nº de Páginas: 208
Categoria principal: Teoria psicanalítica

leia mais

R$76,25

até 2x de R$38,13 sem juros

3 unidades em estoque.

Em estoque

Compre com segurança

Compartilhe

Desde Freud, a psicanálise aponta que a violência é, enquanto fundadora da civilização, determinante da subjetividade. O homem da cultura é herdeiro e cúmplice de um crime, fato que tenderá a ser negado e perpetuado por toda a humanidade. As vicissitudes do complexo edípico retomam, na constituição da subjetividade de cada um, toda essa contradição. Nesse paradigma clássico já temos elementos que levam a pensar na questão da violência como elemento fundante da subjetividade.

Prefácio, Sérgio Adorno................................................................... 9


Apresentação ................................................................... 13


Introdução........................................................................ 15

Por que violência? .................................................................. 15

Estabelecimento do problema ................................................ 20

Violência e negação - articulação do problema ..................... 27


Capítulo 1 - Considerações metodológicas .................... 35

Quanto ao método de pesquisa............................................... 35

Esclarecimentos conceituais................................................... 38

A questão do sujeito.......................................................... 38

A negação da violência ..................................................... 44

Sobre a contemporaneidade .............................................. 49


Capítulo 2 - De violências à violência fundamental...... 63

Na origem............................................................................... 65

Agressividade ......................................................................... 70

Violência fundamental............................................................ 71


Capítulo 3 - Violência fundamental e subjetividade ou A catástrofe subjetiva .............................. 87

Violência fundamental e sujeito ............................................. 87

Catástrofe, representação e violência ou catástrofe subjetiva 95


Capítulo 4 - Violência como espetáculo: cenas do cotidiano da favela ressoam na universidade 107

Do gozo à angústia e necessidade de pensar........................107

Excitação: violência pulsional da sexualidade e subjetividade. A função do espetáculo ........................... 118

Liberdade sexual e violência como reguladores sociais....... 124


Capítulo 5 - Violência e desamparo .............................. 129

O desamparo......................................................................... 130

Desamparo e soluções subjetivas contemporâneas .............. 137


Capítulo 6 - Aborrescência, um aspecto da negação da violência............................................. 145

A trama da adolescência e o drama da subjetivação ............ 145

O assassinato e a criação de um Pai - eterna busca ............. 155

O adolescente, nosso estrangeiro ......................................... 162


Conclusão ...................................................................... 165


Referências .................................................................... 191



RECEBA NOSSAS OFERTAS
E LANÇAMENTOS

Forma de pagamento

Forma de pagamento