BEM-ME-QUER MAL-ME-QUER - RETRATOS DO DIVÓRCIO

BEM-ME-QUER MAL-ME-QUER - RETRATOS DO DIVÓRCIO

Código: 9788501059307

Marca: Record


Autor: GLADIS BRUN

Editora: RECORD

Ano: 2001

Número de páginas: 270

Categoria: FAMÍLIA E CASAL



R$54,90

até 2x de R$27,45 sem juros

1 unidade em estoque.

Em estoque

Compre com segurança

Compartilhe

Em seu novo livro, BEM-ME-QUER, MAL-ME-QUER: RETRATOS DO DIVÓRCIO, a terapeuta de família Gladis Brun apresenta nove casos ficcionais que ajudam a entender o processo do divórcio. Depois de seu último livro, Pais, Filhos e Cia. Ilimitada, onde casais separados e com filhos, casam-se novamente, formando novas famílias, com irmãos, avós e tios que mal se conhecem, Gladis volta ao tema da família, tratando desta vez de uma questão senão mais problemática , (e) certamente mais dolorosa: o divórcio. BEM-ME-QUER, MAL-ME-QUER: RETRATOS DO DIVÓRCIO é uma visão da família em um momento difícil, em que sonhos e projetos conjuntos se desfazem. Não existe anestésico para a dor da separação - a cicatrização emocional do processo é lenta e gradual. Por isso é cada dia mais importante a presença de profissionais especializados, como terapeutas, advogados e orientadores educacionais, que possam conduzir a um bom divórcio. Gladis mostra que várias medidas podem e devem ser tomadas por um casal para facilitar o divórcio amigável, fazendo com que a família, com o tempo, possa voltar a um ritmo de normalidade, onde cada um retoma seus projetos de vida. Em BEM-ME-QUER, MAL-ME-QUER: RETRATOS DO DIVÓRCIO, Gladis Brun opta por escrever histórias de famílias cinco anos após a separação, passado o momento mais intenso da ruptura e muitas vezes também superada a dor do abandono, da culpa, o ressentimento ou sede de vingança. Cinco anos é um tempo razoável para as feridas estarem cicatrizadas e, assim, é possível analisar os motivos do divórcio de forma coerente, sem ódios ou rancores. As histórias são narradas por mulheres, facilitando a reconstrução de aspectos do universo interior feminino, sendo a autora uma mulher que conviveu com os mais diversos tipos e casos de separação. Gladis parte de sua experiência profissional no consultório para escrever histórias com variados temas: desde casais de origens diferentes, cujas diferenças culturais pesam no momento do divórcio, passando pela mulher que abre mão da maternidade em função de sua carreira, até uma personagem que se descobre homossexual e encontra-se dividida entre revelar sua opção sexual e defender a custódia de sua filha de três anos. BEM-ME-QUER, MAL-ME-QUER: RETRATOS DO DIVÓRCIO procura não julgar ou condenar nenhum dos envolvidos, mostrando o aspecto humano de cada um. A psicóloga analisa também o papel da mulher, muitas vezes vista como perdedora, por não ter sido capaz de manter uma relação estável. As relações familiares, agora divididas em dois grupos, com dois chefes de família distintos, mãe e pai, estão presentes nas histórias do livro. Gladis encerra suas histórias, oferecendo aos personagens uma oportunidade de serem felizes, encontrando saídas para o sofrimento que se instala com a separação. Com isso, ela mostra que é importante para toda família estar atenta a tudo que possa ser revertido ao seu favor, só assim, os filhos de casais separados não serão crianças do divórcio, sobreviventes de guerra, mas continuarão sendo os filhos do amor que, um dia, uniu os pais, afirma a terapeuta. Gladis Brun é terapeuta de casal e família há 25 anos e psicóloga com experiência no Brasil e no exterior. Gladis mostra que é possível um casal se separar e ser feliz. - O Globo Gladis propõe uma observação profunda dos sentimentos, dúvidas, medo e rejeições nas relações familiares. - Revista Cláudia

AGRADECIMENTOS 9
INTRODUÇÃO 11

I. DE LEDA DO CELSO A LEDA LAMAAR 25
II. QUEM PODE NOS AJUDAR? 49
III. NOVOS PAIS, NOVAS MÃES 75
IV. REDE FAMILIAR: PROTEÇÃO OU PRISÃO PERPÉTUA? 99
V. DUAS CULTURAS, DOIS MUNDOS... UMA FAMÍLIA 123
VI. SEGREDOS E MENTIRAS 149
VII. QUANDO A DOR ENSINA A VENCER 173
VIII. MESMAS PESSOAS, OUTRO CASAMENTO 199
IX. MAMÃE, POSSO MORAR COM PAPAI? 227

EPÍLOGO 1 253
EPÍLOGO 2 259
ALGUMAS PERGUNTAS QUE AJUDAM A PENSAR 263
PEQUENO ROTEIRO DE LIVROS E FILMES QUE PODEM SER ÚTEIS 267



Forma de pagamento

Forma de pagamento