ELOGIO DA CORRUPÇÃO - OS INCORRUPTÍVEIS E SEUS CORRUPTOS

ELOGIO DA CORRUPÇÃO - OS INCORRUPTÍVEIS E SEUS CORRUPTOS

Código: 9788577240548 (CO)

Categoria: Demais Livros


Autor: Marie-Laure Susini
Tradução: Procópio Abreu
Editora: Companhia de Freud
Ano: 2010
Número de páginas.: 208
Categoria Principal: Demais Livros

leia mais

R$47,00

até 2x de R$23,50 sem juros

2 unidades em estoque.

Em estoque

Compre com segurança

Compartilhe

Acusado , serei defendido. Prisioneiro, serei libertado. Condenado, serei salvo. Escravo, serei resgatado. Excluído, serei eleito. Caído, tu me levantarás... O homem culpado, tinha suscitado a ira de Deus e seu ressentimento, será objeto de uma reconciliação, de uma justificação, de um amor reencontrando. Aquele que não tinha mais direito de se dizer filho, que fora expulso, será chamado. O excluído, o rejeitado, sera escolhido e encontrará um novo estatuto de eleito. Em tudo isso, notemos por uma última vez que o homem caído, destituído, acusado, excluído, rejeitado, era uma perfeita representação do próprio Paulo, aplicada sem dificuldades a Adão e ampliada a todos os homens.

Orwell, a escolha intelectual da corrupção 13
O incorruptível heróico 13
O corrupto heróico 19
A inocência coletiva 30
A consciência científica 32

O nojo da corrupção 35
O real da corrupção 35
A hipótese do incorruptível.. 35
A lei da corrupção universal. 37

A corrupção da mulher bruxa 39
Algumas solidariedades de corruptos 51

A corrupção imaginária 55

O INCORRUPTÍVEL EM AÇÃO ou A REVOLUÇÃO

Um programa de regeneração 57
O Incorruptível 57
A Revolução Francesa 59
O juiz de Igreja 62
A volta à origem 65

A corrupção da desigualdade: Sieyès 69

O regenerado: Mirabeau 75
Um pai ou então um Deus 79
As virtudes primárias 83

O primeiro incorruptível: Marat .

O corrupto diante do incorruptível .

Não conseguiram te corromper, te assassinaram .

O juiz e o salvador: Robespierre .

A conspiração dos impuros .

Renunciar à inocência .

Entre real e imaginário: a corrupção 127
Thomas More, a inocência leiga . 131
O insubmisso .
O homem que quis ser santo 131
O tempo da esperança 135
A paixão da inocência 141
Eu que ainda não conto entre os santos...¿ 151

A renegação do real 157

PAULO ou A INCORRUPÇÃO

O perseguidor 159

A voz 162
A volta sobre si mesmo 165
A corrupção de Adão 167
A invenção da in-corrupção 169

A criação incorruptível 173
Mensageiro da libertação e prisioneiro 173
Uma comunidade de incorruptíveis 177
Da livre consciência à salvação coletiva 179
Satã, o corruptor 181
A salvação subjetiva 183
Solidariedades de corruptos 185

Eliminem os homens imperfeitos 189

Erradiquem o gozo 193

Reticências 197

Referências 203

Paulo ou a incorrupção 207

Reticências 209

Elogio da corrupção 211



RECEBA NOSSAS OFERTAS
E LANÇAMENTOS

Forma de pagamento

Forma de pagamento