ENSAIOS SOBRE O AMOR E A SOLIDÃO

ENSAIOS SOBRE O AMOR E A SOLIDÃO

Código: 9788572550451

Categorias: 50% OFF / Demais Livros

Marca: MG Editores


Autor: Flávio Gikovate

Editora: MG

Ano: 2006

ISBN: 9788572550451

Número de páginas: 265

Peso: 429 gramas

Categoria Principal: Demais Livros


leia mais

De: R$90,60
Por: R$45,30
Economia de R$45,30

até 2x de R$22,65 sem juros

1 unidade em estoque.

Em estoque

Compre com segurança

Compartilhe

A busca da liberdade é o que move o autor há mais de 30 anos. Daí seu intenso interesse pelas questões relativas ao amor e à sexualidade, fontes constantes de guerras e limitações entre mulheres e homens. Neste livro, o autor se aprofunda no tema do amor. Mostra suas diferentes roupagens e como lidar com cada uma delas. Fala, também, sobre o problema que aflige até os relacionamentos amorosos mais plenos: a possessividade. Mas o autor não se limita a analisar e criticar. Ele propõe uma nova forma de aliança íntima, inspirada na amizade profunda, com pessoas bem resolvidas em sua individualidade e, portanto, capazes de mais do que amar.

Sumário

Introdução 7

1. Afinal, o que é o amor? 15
Uma tentativa de conceituar o fenômeno amoroso 15
Não podemos continuar confundindo sexo com amor 28
Convém distinguir enamoramento. amor e paixão 33
Amizade e +amor são fenômenos interpessoais 53
Algumas considerações complementares 68

2. Narcisismo: um conceito perigoso 79
Redefinição e abandono do conceito de narcisismo 79
A sexualidade nos leva a sentir algo por nós mesmos 87
Dignidade, respeito, honra, amor-próprio: tudo é vaidade? 93
Vaidade e narcisismo não são conceitos idênticos 102
Exibicionismo e exuberância sexual não andam juntos 110
Conclusão: narcisismo é um conceito prejudicial 114

3. Ciúme ou ¿Ciúmes¿? 124
É falso o antagonismo entre o biológico e o cultural 124
O ciúme sexual 132
O ciúme relacionado com o amor 141
O ciúme relacionado com o medo de perda do amado 153
O ciúme e o aumento do desejo sexual 161

4. O amor é nosso maior vício 173
Uma definição de dependência psicológica e de vício 173
Amor implica dependência psicológica 181
A vaidade reforça o amor como vício 192
Algumas reflexões sobre dependência e independência 203

5. Solidão é bom 219
O prazer de ficar só foi descoberto por acaso 219
Nossa concepção de solidão é preconceituosa 230
Ser só ainda é motivo de vergonha 237
A solidão é uma de nossas características definitivas 246
Aceitar a solidão ajuda a nos relacionarmos melhor 256



Forma de pagamento

Forma de pagamento