INFÂNCIA E MEMÓRIA - HISTÓRIAS DE PSICANÁLISE COM CRIANÇAS

INFÂNCIA E MEMÓRIA - HISTÓRIAS DE PSICANÁLISE COM CRIANÇAS

Código: 9788544408155

Marca: Editora CRV


Autor: Maria Letícia de Oliveira Reis
Editora: CRV
Ano: 2016
Número de páginas: 140
Categoria Principal: Infância

leia mais

R$37,93

até 8x de R$5,40

1 unidade em estoque.

Em estoque

Compre com segurança

Compartilhe

Visa contribuir com a teoria da memória em psicanálise e à reflexão da importância do tratamento psicanalítico com crianças. Através de entrevistas com adultos que passaram por um tratamento psicanalítico na infância, o resultado indica que as lembranças da análise na infância são compostas por rastros e traços laterais da experiência. A forma da lembrança demonstra ser mais importante que o juízo sobre ela.

SUMÁRIO

PREFÁCIO 11

1. INTRODUÇÃO 15
Considerações sobre o método 19

2. TEORIA DA MEMÓRIA NA PSICANÁLISE 23
2.1 A memória no texto A Interpretação das Afasias 23
2.2 A memória na Carta 52 25
2.3 A memória na metáfora do Bloco Mágico 28
2.4 Os termos Inconsciência e pré-consciência 30

3. A CLÍNICA DA LEMBRANÇA: rememoração e elaboração 37
3.1 Joel e o esconderijo mais enterrado: a infância - um bom lugar para se esconder 43

4. A MEMÓRIA NA ESCRITA DO INFANTIL: a memória da infância na psicanálise cem anos após os Três Ensaios da teoria da Sexualidade 49

5. FORMAS DE LEMBRAR DA ANÁLISE 63
5.1 Lembranças de análise com Freud: Albert Hirst e David Brunswick 66
5.2 Pós-escrito, pós-análise, pós-fobia 71
5.3 Gmunden - Lá que eu apanhei a minha bobagem 74
5.4 Richard e Dick 76

6. ENTREVISTAS - A RECORDAÇÃO DA EXPERIÊNCIA PSICANALÍTICA NA INFÂNCIA: a narrativa do adulto 91
6.1 Recordação mais remota 91
6.2 Sentimento da infância 94
6.3 Mãe, por que é que eu fui pra terapia? 98
6.4 Era meu aquilo lá 107
6.5 A análise do adulto: Uma sombra da análise na infância? 108
6.6 Efeitos da análise: dançar com as dificuldades 112
6.7 Sobre a Psicanálise de Crianças 116
6.8 A lembrança pelo enigma: 118
6.9 A elaboração pelo esquecimento: Acho que alguma coisa deve ter acontecido 121
6.10 Alinhavando temporalidades 122

7. CONCLUSÃO: elaboração finita e infinita 127

REFERÊNCIAS 133

SOBRE A AUTORA 139



RECEBA NOSSAS OFERTAS
E LANÇAMENTOS

Forma de pagamento

Forma de pagamento