O BEBÊ E O LAÇO SOCIAL: UMA LEITURA PSICANALÍTICA

O BEBÊ E O LAÇO SOCIAL: UMA LEITURA PSICANALÍTICA

Código: 9788588009998 (CO)

Categoria: Infância

Marca: Artesã


Orgs.: Ângela Maria Resende Vorcaro / Liliane Cristina Santos / Alexandre Oliveira Martins

Editora: Artesã

Coleção: Psicanálise: fazer e dizer

Ano: 2018

Número de páginas: 360

Categoria Principal: Infância



R$59,00

até 2x de R$29,50 sem juros

1 unidade em estoque.

Em estoque

Compre com segurança

Compartilhe

Inaugurando a coleção Fazer e Dizer, o livro "O bebê e o laço social" localiza as veredas nas quais o organismo neonato humano é atingido pela linguagem que respira, enquanto a ela se aliena e dela se separa, estabelecendo as balizas do trajeto de um saber-ai-fazer que desconhece.

"A coleção Fazer e Dizer pretende abordar as dimensões subjetivas da presença do sujeito que se manifestam não apenas na fala, mas também em modalidades de incidência da linguagem que cifram linhas de existência do corpo falante, tensionando, num ciframento - e, portanto, escrevendo-, o fazer em formas do dizer que excedem os discursos estabelecidos, mas que podem ser lidos".

Apresentação, 7

 

Prólogo

A especificidade do bebê e os tempos do sujeito, 9

 

Parte I

Os bebês e a Psicanálise: Questões sobre a Constituição Subjetiva

 

Capítulo 1

Do Outro simbólico ao Outro real, 21

 

Capítulo 2

Os (des)encontros do infans com a linguagem, 45

 

Capítulo 3

Subjetivação em risco: o advento do sujeito prescinde da condição do Outro?, 69

 

Capítulo 4

O bebê, do desenvolvimento à constituição do sujeito: uma releitura de Spitz, 87

 

Capítulo 5

Uma intervenção psicanalítica possível em Unidade de Tratamento Intensivo Neonatal: das consultas terapêuticas em D. W. Winnicott, 127
 

Capítulo 6

A psicanálise é uma prática de leitura: a clínica com o bebê é sua forma mais radical, 147

 

Parte II

Bebês em risco: Impasses para Constituição Subjetiva

 

Capítulo 7

Avaliação da dor do recém-nascido e repercussões em longo prazo don subtratamento, 161

 

Capítulo 8

Articulações sobre os impactos psíquicos da vivência de dor na UTI Neonatal nos bebês prematuros e a metapsicologia de Freud, 185

 

Capítulo 9

Quando a dor constitui a primeira exterioridade, 205

 

Capítulo 10

Implicações da doença e da hospitalização do bebê ao nascer, 237

 

Capítulo 11

Malformação congênita, o bebê como veio ao mundo: repercussões na constituição psíquica e na subjetividade materna, 279

 

Capítulo 12

A intervenção do psicanalista na clínica com "bebês cirúrgicos", 299

 

Capítulo 13

Um nome para um Anjo, 313

 

Capítulo 14

Os bebês e as crianças pequenas na educação infantil: do coletivo ao singular na prática educacional, 335

 

As autoras, 353



Forma de pagamento

Forma de pagamento