POR QUE O AMOR É IMPORTANTE - COMO O AFETO MOLDA O CÉREBRO DO BEBÊ

POR QUE O AMOR É IMPORTANTE - COMO O AFETO MOLDA O CÉREBRO DO BEBÊ

Código: 9788582713495

Categorias: Lançamentos / Infância

Marca: Artmed


Autor: Sue Gerhardt

Tradução: Maiza Ritomy Ide

Editora: Artmed

Ano: 2017 - 2ª Edição

Número de páginas: 301

Categoria Principal: Infância



R$65,00

até 2x de R$32,50 sem juros

1 unidade em estoque.

Em estoque

Compre com segurança

Compartilhe

Os momentos em que os pais brincam, dão carinho, fazem cócegas, abraçam, acalmam e seguram os bebês no colo estimulam o cérebro e constroem conexões que são a base da inteligência, das habilidades e do desenvolvimento de seres completamente humanos.

Este livro explica por que o afeto é essencial para o desenvolvimento do cérebro nos primeiros anos de vida e como essas interações iniciais podem ter consequências duradouras sobre a saúde física e emocional futura.

Se, no início da vida da criança, pudermos desacelerar, minimizar o estresse, valorizar a bondade, o tempo, o divertimento e a ludicidade e ver o trabalho dos pais como valioso e precioso, os benefícios serão enormes: adultos resilientes, empáticos, bem-humorados e altamente eficazes nos relacionamentos interpessoais.

Introdução à segunda edição; 1

PARTE I - Aspectos fundamentais: os bebês e seus cérebro; 11
Capítulo 1. Antes que os conheçamos; 13
Capítulo 2. Voltando ao início; 27
Capítulo 3. Construindo um cérebro; 47
Capítulo 4. Cortisol corrosivo; 73
Conclusão da Parte I; 103

PARTE II - Bases trêmulas e suas consequências; 105
Capítulo 5. Tentando não sentir: as ligações entre a regulação emocional inicial e o sistema imunológico; 113
Capítulo 6. Bebê melancólico: como a experiência inicial pode alterar a química do cérebro, levando à depressão em adultos; 133
Capítulo 7. Dano ativo: as ligações entre o trauma na infância e o trauma na vida adulta; 155
Capítulo 8. Tormento: as ligações entre os transtornos da personalidade e as experiências iniciais; 173
Capítulo 9. Pecado original: como os bebês que são tratados com rispidez podem não desenvolver empatia pelos outros; 191

PARTE III - Muitas informações, poucas soluções: para onde vamos agora?; 217
Capítulo 10. Se tudo falhar, abrace seu ursinho de pelúcia: reparando os danos; 219
Capítulo 11. Nascimento do futuro; 237

Referências; 251

Índice; 295



RECEBA NOSSAS OFERTAS
E LANÇAMENTOS

Forma de pagamento

Forma de pagamento