PSICANÁLISE FEMININO SINGULAR

PSICANÁLISE FEMININO SINGULAR

Código: 9788575263570

Categoria: Clínica de Adultos

Marca: Autêntica


Autor: JEFERSON MACHADO PINTO
Editora: AUTÊNTICA
Ano: 2008
Número de páginas: 171
Categoria Principal: Clínica de Adultos

leia mais

R$44,75

até 2x de R$22,38 sem juros

1 unidade em estoque.

Em estoque

Compre com segurança

Compartilhe

Sinopse:

A ciência apresenta-se como pano de fundo de toda a discussão que se desenrola ao longo dos textos. Não é por coincidência que um dos pontos altos do livro encontra-se no capítulo em que o desejo do analista serve de apoio para o exame do contingente, cujo aparecimento a partir da atividade científica é de imediato apreendido por ela numa escritura perante a qual todo desejo se subtrai. Ainda que alguns pontos de contato possam ser considerados quando se trata do real da ciência e do real da psicanálise, a diferença radical persiste diante do desejo que nasce da inexistência de uma satisfação universal em que o objeto venha a homologar um pedido qualquer. É o momento em que é da responsabilidade do sujeito a ¿escolha forçada- que o singulariza. Encontramos então dois termos que, agora percebemos, sempre estiveram orientando o trajeto feito até aqui: o contingente e o singular. São duas figuras que permitem a suposição de que a mesma lógica que rege a relação da psicanálise com a ciência está presente na relação do gozo da mulher - um gozo que não se escreve todo - com outro, que, esse sim, traz sempre a promessa de ser todo escrito - o gozo fálico. É perante essa proporção que podemos nos aproximar do lugar onde Jeferson situa a psicanálise.

09 Apresentação

13 Prefácio, por Anna Carolina Lo Bianco

17 Aviso ao leitor



Parte l Da psicologia à psicanálise

A Ciência como um nome do pai


21 A produção do conhecimento em psicanálise como sinthome do analista


31 Psicologia e psicanálise; dois discursos diferentes


41 Psicologia das massas e análise do eu: uma teoria do final de análise?


55 A servidão ao saber e o discurso do analista


67 Política da psicanálise: clínica e pesquisa


81 Há algo novo no amor...


Parte II A Mulher como nome do pai


93 Sobre El hay de La relaciôn sexual, de Jean-Luc Nancy


95 Sugar baby: mulher e o avesso do avesso da cultura


103 Contingência do falo: a perversão e a lôgica do semblant


109 O desejo do analista: o sujeito, o necessário e a contingência


123 Uma erótica pragmática?


133 Verdade e ficção em uma erôtica pragmática


143 A formação do analista diante das políticas regulatórias


151 A mulher e a letra


161 A psicanálise funciona?



Forma de pagamento

Forma de pagamento