REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DE LEI, CRIME E INJUSTIÇA EM ADOLESCENTES

REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DE LEI, CRIME E INJUSTIÇA EM ADOLESCENTES

Código: 9788575910436


Autor: MARIA SUZANA DE STEFANO MENIN

Editora: MERCADO DE LETRAS

Ano: 2005

Número de páginas: 167

Categoria principal: Psicologia Jurídica



R$49,00

até 2x de R$24,50 sem juros

1 unidade em estoque.

Em estoque

Compre com segurança

Compartilhe

Diante de um quadro de incertezas, infrações e violências enfrentamos, ao entrar no século XXI, uma questão perturbadora: quais serão as relações entre as instituições que se encarregam de elaborar e de fazer respeitar as leis e as que se incumbem de socializar os indivíduos da coletividade abrangida pelas normas, como as escolas? Em outros termos, como escolares - crianças e adolescentes - entendem questões relativas a noções tais como a lei e suas violações, o crime e as sanções legais, o justo e o injusto no convívio coletivo? Sabemos que esses problemas foram objeto de reflexão desde os primórdios do pensamento filosófico, mas os tempos atuais, mais do que outros, exigem uma tomada de consciência de seus significados por parte de jovens e adultos. (...) Com grande competência no confronto entre o particular e o geral, entre o específico e o universal, a autora procura compreender, através da fala dos adolescentes, o significado mais profundo de seu julgamento moral. (...) As opiniões de jovens sobre questões relevantes em todos os tempos, mas cruciais nos dias que correm, tornam-se material precioso para educadores, de diferentes áreas, enfim, para todos aqueles que participam da formação de pessoas responsáveis diante de si mesmas e diante do mundo.

PREFÁCIO 9

INTRODUÇÃO 13

CAPITULO I PSICOLOGIA E MORALIDADE: CONCEPÇÕES
DESENVOLVIMENTISTAS DE PIAGET E KOHLBERG
E A TEORIA DE REPRESENTAÇÃO SOCIAL ............. 17
A teoria de desenvolvimento moral de Jean Piaget - A teoria de Lawrence
Kohiberg sobre desenvolvimento do raciocínio moral - Comparações entre as
teorias de Piaget e Kohiberg - O conceito de representação social por Serge
Moscovici - A proposta de Willem Doise: lógicas sociais no raciocínio -
Representações sociais como lógicas sociais do raciocínio - Representação
social e moral. Os estudos de Doise sobre Direitos Humanos como representações
sociais - Uma palavra sobre adolescentes e o papel da sexualidade no desen-
volvimento moral ¿ Os participantes da pesquisa - O questionário utilizado

CAPÍTULO II OS ADOLESCENTES E SUAS REPRESENTAÇÕES DE LEI ...... 61
O desenvolvimento das regras segundo Piaget - O desenvolvimento das noções
sobre leis e justiça legal segundo Kohiberg e Tapp-As concepções de le{como
representações sociais - Tendências principais nas representações de lei - A mutabilidade das leis e suas relações com sexo, idade, religião e situação
socioeconômica dos alunos - A possibilidade de desobediência às leis e suas
relações com sexo, idade, religião e situação socioeconômica dos alunos -
Localizando dois grupos opostos de representações sobre as leis

CAPÍTULO III OS ALUNOS AVALIAM A GRAVIDADE
DE DIVERSAS INFRAÇÕES ....................... 97
Estudos anteriores com escalas de infrações - Os estudos de Piaget sobre
intenção e resultados em casos de roubo - Resultados: a pontuação dada às
mfrações pêlos alunos das escolas públicas e particulares - Concluindo sobre
a maneira de avaliar as infrações dos adolescentes

CAPITULO IV AS CONCEPÇÕES DE JUSTIÇA E DE INJUSTIÇA
ENTRE OS ADOLESCENTES ....................... 113
Concepções legais sobre justiça e os estudos em Psicologia do Desenvolvimento
 Resultados: a injustiça nas histórias hipotéticas - As representações de
injustiça - Tecendo uma síntese: as representações de justiça e de injustiça

CAPÍTULO V O REBAIXAMENTO DA MAIORIDADE PENAL
E O ESTATUTO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE............... 147
O Estatuto da Criança e do Adolescente

CAPITULO VI CONCLUSÕES E CONSIDERAÇÕES FINAIS.................... 153

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS................. 163

 



RECEBA NOSSAS OFERTAS
E LANÇAMENTOS

Forma de pagamento

Forma de pagamento