SINTOMA EM LACAN

SINTOMA EM LACAN

Código: 9788571372719 (CO.)

Categorias: Lacan / Lacan

Marca: Escuta


Autor: HELENA CONDE

Editora: ESCUTA

Ano: 2008

Número de páginas: 96

Categoria Principal: Lacan



R$35,47

até 8x de R$5,05

4 unidades em estoque.

Em estoque

Compre com segurança

Compartilhe

Através do estudo do sintoma no ensino de Lacan, este livro pretende ressaltar seu caráter essencial de mecanismo produzido pelo ser falante. Eventualmente, deparar-se com o seu sintoma em análise é, para um sujeito, encontrar a sua própria divisão e a angústia suscitada por ela.

Prefácio, por Sônia Borges 5

Introdução 9


O SINTOMA NOS SEMINÁRIOS DE LACAN 17

O Eu estruturado como um sintoma 17

O sintoma como retorno do recalcado 18

O sintoma como a lei desempenhada pelo sujeito 22

O sintoma enquanto signum sobre a base do organismo 25

Distinção entre sonho e sintoma 26

A insistência do sintoma 27

O sintoma enquanto significação 29

O sintoma fundado na existência do significante 32

O sintoma estruturado como linguagem 33

O sintoma constituindo o fenômeno analítico 36

O sintoma tem um estatuto e o analista dá-lhe suporte 37

O sintoma fala, mas é aquilo que não é falado 38

Sintoma e Zwang 40

O sintoma como automatismo 41

O sintoma enquanto enigma 43

O sintoma enquanto metáfora 44

O sintoma como manifestação da angústia 45

A ambiguidade do sintoma e suas relações com a perversão 47

O sintoma como satisfação - a satisfação ou o sintoma entra no lugar do furo 49

O sintoma como máscara 50

O sintoma se dirige no sentido do reconhecimento do desejo 51

O sintoma marcando um para além da satisfação, o desejo 52

O sintoma como forma de gozar do sujeito 53

O sintoma como modo como se sofre em relação ao gozo 55

O sintoma é questão de saber (saber em questão) 56

O sintoma como ser-de-verdade 58

O sintoma como discordância entre o real e o percebido 59

Sintoma e objeto a 60

Sintoma e Outro 62

O sintoma como sustentação do sujeito 63

O sintoma representa uma estrutura 64

Sintoma e verdade 65

O sintoma é do campo do Real (efeito do simbôlico sobre o Real) 67

A função do sintoma 69

O Sinthoma (Synthome) 70

O sintoma varia 73


ALGUMAS REFLEXÕES SOBRE O CONCEITO DE SINTOMA
PARA A PSICANÁLISE DE FREUD A LACAN 77

Relação entre sintoma e fantasia 82

Da articulação entre Real, Simbólico e Imaginário 84

O sintoma e a clínica 87


Referências 91



RECEBA NOSSAS OFERTAS
E LANÇAMENTOS

Forma de pagamento

Forma de pagamento