WINNICOTT E HEIDEGGER - APROXIMAÇÕES E DISTANCIAMENTOS

WINNICOTT E HEIDEGGER - APROXIMAÇÕES E DISTANCIAMENTOS

Código: 9788562487026

Categoria: Winnicott

Marca: DWW


Autor: Eder Soares Santos
Editora: DWW
Coleção: Psicanálise Winicottiana
Ano: 2010
Número de páginas: 270
Categoria Principal: Winnicott


R$39,90

até 2x de R$19,95 sem juros

1 unidade em estoque.

Em estoque

Compre com segurança

Compartilhe

Propondo-se a tratar do que aproxima e do que distancia Winnicott e Heidegger, o presente livro tem como um de seus principais méritos o de colocar a discussão sobre a relação entre a psicanálise e a filosofia em termos do pensamento contemporâneo. Ao estudar, por um lado, um psicanalista que reformulou a psicanálise tradicional, livrando-a da sua herança metafísica (a metapsicologia) e propondo para ela novas tarefas clínicas e novos horizontes teóricos, e, por outro, um filósofo, cujo projeto inclui, como parte essencial, o ultrapassamento da metafísica (o conjunto das doutrinas da filosofia tradicional) e a explicitação de novas tarefas do pensamento filosófico, Eder Soares Santos demarca um território para uma dinâmica totalmente nova entre as duas disciplinas.

Prefácio....................................................................................15

 

Apresentação...........................................................................19

 

Capítulo I ? Paradigmas da psicanálise....................................23

1.Introdução.............................................................................23

 

2.A noção de paradigma de Kuhn............................................24        

 

3.Algumas críticas à noção de paradigma de Kuhn..................30

 

4.A noção de paradigma aplicada à psicanálise........................32

    4.1 O estatuto da psicanálise.................................................34

    4.2 Da possibilidade de interpretação da psicanálise com

           Base em Kuhn..................................................................41

 

5.O paradigma da psicanálise de Freud.....................................45

 

6.O "paradigma" da psicanálise de Melanie Klein.....................56      

 

7.O paradigma da psicanálise de Winnicott..............................70

    7.1 Os componentes da matriz disciplinar winnicottiana......71

    7.2 O bebê no colo da mãe....................................................74

    7.3 Mudanças paradigmáticas trazidas por Winnicott..........76

 

CAPÍTULO II ? Teoria do amadurecimento pessoal...................85

1.Introdução..............................................................................85

 

2.Estágios iniciais do existir.......................................................87

 

3.Ser na solidão essencial..........................................................90

 

4.Requisitos psicossomáticos para ser......................................95

   4.1 Integração.......................................................................100

   4.1.1 Conquista do tempo....................................................102

   4.1.2 Conquista do espaço...................................................105

   4.1.3 Conquista de um primeiro sentido de realidade.........107

 

5.Requisitos essenciais para o ser............................................109

   5.1 O ambiente e a dependência absoluta............................110

   5.2 Preocupação materna primária.......................................111

   5.3 Cuidado materno.............................................................113

 

6.A criatividade e o brincar para poder ser..............................116

 

7.Transicionalidade: ponte entre os dois sentidos de

    Realidade...............................................................................123

 

8.Eu sou.....................................................................................126

 

9.Ameaça ao sentido de ser: agonias imprensáveis.................128

 

CAPÍTULO III ? Sobre a acontecência........................................139

1.Introdução..............................................................................139

 

2.A teoria da acontecência em Heidegger.................................142

 

3.Analítica do ser-o-aí................................................................143

    3.1 A essência do homem......................................................143

    3.1.1 Angústia........................................................................145

    3.1.2 Morte e o poder-ser-inteiro..........................................148

    3.1.3 Temporalidade..............................................................153

    3.1.4 Angústia e temporalidade.............................................157

    3.1.5 Abertura da espacialidade por meio do trato...............160

    3.1.6 Compreensão do ser.....................................................162

 

4.Acontecência..........................................................................164

 

CAPÍTULO IV ? Aproximações e distanciamentos......................173

1.Introdução...............................................................................173

 

2.Aproximação entre os componentes ontológicos da teoria

   Do amadurecimento e a fenomenologia existencial...............174

 

3.Ser-acontecente em Winnicott e Heidegger...........................182

 

4.Instigações winnicottianas a uma fenomenologia existencial.188

   4.1 Ser-para-o-início e a solidão essencial................................193

   4.2 Poder-ser questão de criatividade......................................199

   4.3 Transicionalidade e o alcance da cotidianidade mediana...205

  

5.A psicanálise de Winnicott no permeio da diferença...............209

 

CAPÍTULO V ? Esboços teóricos...................................................217

1.Introdução................................................................................217

 

2.Pesquisa do psiquismo e acontecência....................................218

 

3.Crítica de Heidegger à ciência natural......................................225

 

4.Indicações para uma ciência do homem..................................230

 

5.Seria a psicanálise uma ciência do homem?............................234

   5.1 Psicanálise freudiana e a ciência do fenômeno psíquico....241

   5.2 Psicanálise winnicottiana e a ciência dos fenômenos

          Psíquicos.............................................................................248

 

Considerações finais....................................................................255

  

Referências..................................................................................259



RECEBA NOSSAS OFERTAS
E LANÇAMENTOS

Forma de pagamento

Forma de pagamento