FREUD - WALLON - LACAN - A CRIANÇA NO ESPELHO

FREUD - WALLON - LACAN - A CRIANÇA NO ESPELHO


Autor: Émile Jalley

Tradução: Antonio Carlos V. Braga

Editora: Companhia de Freud

Ano: 2009

Nº páginas: 426

Categoria Principal: Freud



R$70,00

até 2x de R$35,00 sem juros

2 unidades em estoque.

Em estoque

Compre com segurança

Compartilhe

Esta obra parte da ideia de que todo conhecimento humano se origina na dialética do ciúmes, que é uma manifestação da comunicação. Trata-se ali de uma noção genérica observável, behaviouristicamente observável. O que acontece entre crianças pequenas comporta esse transitivismo imaginário fundamental que se expressa no fato de que uma criança que bateu em outra possa dizer: o outro me bateu. Não que ela minta - ela é a outra literalmente. É na ordem do imaginário que se situa a relação de identificação a partir da qual o objeto se realiza como objeto de concorrência. Uma alteridade primitiva está incluída no objeto na medida em que ele é primitivamente objeto de desejo do outro.

INTRODUÇÃO 9

ESTÁDIO DO ESPELHO E SEUS ANTECEDENTES

Capítulo I
Histórico 25

Capítulo II
O estádio do espelho 39

Capítulo III
A exibição e o despotismo 45

Capítulo IV
O transitivismo 51

Capítulo V
O ciúme e a simpatia 63

Capítulo VI
O mimetismo afetivo 67

Capítulo VII
A função de imponência 73

Capítulo VIII
Imitação, personalidades intercambiáveis, uso do Eu 75

Capítulo IX
Wallon ou Charlotte Bühler? 79

Capítulo X
Lacan antes do encontro com Wallon 86
Lacan e a psicologia 86
Lacan em 1932 87
Prelúdios do estádio do espelho 93
As síndromes de identificação delirante 94
Psicologia e Psicanálise 100

Capítulo XI
A imagem especular em Freud 103
O tema do duplo 105
O jogo do carretel: Freud e Lacan 112

Capítulo XII
Os jogos de alternância em Wallon 123

Os psicólogos e a psicanálise: A criança no espelho

Capítulo XIII
A imagem especular em Wallon 137

Capítulo XIV
O espaço mental: Wallon, o simbólico lacaniano, Winnicott, Bion 147

Capítulo XV
As dificuldades de Wallon e Lacan 167

Capítulo XVI
As experiências de Zazzo sobre a imagem especular 173

Capítulo XVII
Reconhecimento de si e identificação especular 181

Capítulo XVIII
As outras pesquisas recentes sobre a imagem especular 205
Diversidade das abordagens 205
A imagem de um outro 210
A imagem de um outro-eu (alter / ego) 211
A imagem de si 215
Convergências com Lacan 220
Convergências com Winnicott 224
Dados psicopatológicos 225
Primazia da imagem parental 228
Outras descrições 231
Outras técnicas 233
O animal e o home 235

Outros temas Freudianos
Capítulo XIX
A imaturidade e a prematuração em Freud 245

Capítulo XX
O estado de desamparo segundo Freud 257
Desamparo original e mal-estar da civilização 266
O desamparo e a experiência de sedução 273
As duas origens, externa e interna, da sexualidade infantil; 275
O estado de desamparo e o laço de identificação 280

Capítulo XXI
O estado de desamparo e a prematuração segundo Freud 293
Wallon 293
Melanie Klein 309
Winnicott, Bion, Spitz 312
O isomorfismo dos modelos de leitura 314

Capítulo XXII
A prematuração segundo Lacan 325

Capítulo XXIII
A teoria de Bolk 335

Capítulo XXIV
O duplo conceito do Outro e do outro 345
Lacan 345
O Eu - O Alter - O Outro: Wallon 351
O paradigma hegeliano da alteridade 364
O espelho divino 369
Hegel e Freud 375
O seminário de 1955-1956 380

Capítulo XXV
Conclusão: o problema da influência na história das idéias 385

Bibliografia 413



RECEBA NOSSAS OFERTAS
E LANÇAMENTOS

Forma de pagamento

Forma de pagamento