ONTOLOGIA SEM ESPELHOS - ENSAIOS SOBRE A REALIDADE

ONTOLOGIA SEM ESPELHOS - ENSAIOS SOBRE A REALIDADE


Autor: DANIEL OMAR PEREZ, FRANCISCO V. BOCCA, JOSIANE C. BOCCHI
Editora: CRV
Ano: 2014
Número de páginas: 122
Categoria: Freud

leia mais

item indisponível0 unidades em estoque.
  Avise-me quando disponível

Não disponível

Compre com segurança

Compartilhe

O que é a realidade? Como uma pergunta desse tipo é possível?

O objetivo deste livro é nos prepararmos para a interrogação acerca da realidade. Por isso, antes de responder e avançar positivamente preferimos nos deter e apontar para a própria pergunta. Assim sendo, ensaiamos a busca de alguns elementos das condições de possibilidade da sua formulação. Para alcançarmos o nosso objetivo desenvolvemos a apresentação do resultado da pesquisa em três abordagens e uma conclusão.

Num primeiro enfoque do problema a tarefa se coloca na relação literatura-filosofia. A questão acerca do real aparece no plano da narrativa e do jogo da argumentação, isto é, da linguagem. Para isso usamos as ideias de Jorge Luis Borges e suas especulações sobre a realidade tanto nas ficções literárias quanto em relação à própria escrita filosófica. Numa segunda perspectiva o assunto é colocado em relação a quem pergunta e seu objeto. Por isso achamos pertinente usar alguns conceitos e dispositivos teóricos da filosofia moderna e suas objeções, especialmente em Descartes, Berkeley e Kant. No terceiro momento, indicamos o ponto no horizonte onde o fracasso das pressuposições anteriormente reveladas impulsiona a tentativa de uma nova formulação da pergunta pela realidade. O recurso da psicanálise se apresenta como a possibilidade de marcar o fim de uma época e abertura de uma nova pauta de trabalho. Ao final nos interrogamos o que é a realidade enquanto pergunta. Como uma pergunta desse tipo é possível?

Nosso trabalho revela que a pergunta pela realidade supõe uma linguagem (isto é, um conjunto de conceitos, regras e argumentações) e um sujeito (desde onde se enuncia o interrogante). Linguagem articulada em conceitos e argumentos e Sujeito da enunciação se conformam num dispositivo teórico que possibilita a pergunta e a eventual resposta.

PROÊMI0....... 7
A pergunta pela Realidade ................................................. 7
0 que e ontologia? .............................................................8

PARTE 1
A LINGUAGEM DA REALIDADE ................. 11
Um mundo inventado que inventa
um sentido para si ............................................................ 11
De Borges a história da metafísica:
em busca da realidade .....................................................14
A leitura da realidade de Nietzsche ..................................16
A leitura da realidade do tempo de Platão........................ 19
A leitura do Real de Pascal...............................................20
0 esquecimento como metáfora....................................... 22
A realidade em metáforas................................................. 25
A pergunta e a resposta sabre a realidade....................... 26
A penúltima versão sabre a realidade .............................. 26

PARTE II
0 SUJEITO DA REALIDADE .................................................29
Uma realidade moderna .......................................... .........29
Meditações de Descartes sabre a realidade ....................30
A realidade de Berkeley entre a
abstração e a linguagem .................................................. 34
A realidade de Locke ........................................................ 36
Contra a realidade de Locke............................................. 37
A hipótese da matéria ....................................................... 38
Kant contra o idealismo de
Descartes e Berkeley........................................................44
A realidade e a loucura de Kant........................................46
Freud no final da modernidade.........................................48

PARTE Ill
0 TESTE DA REALIDADE ..................................................... 51
Do teste de realidade em Freud ....................................... 51
Freud e o funcionamento da mente..................................54
Uma realidade desagradável............................................ 56
A realidade e os primórdios da
montagem de um aparelho ...............................................63
Estímulos e respostas em Freud ......................................68
A interpretação da consciência ......................................... 69
A realidade do narcisismo.................................................72
A realidade do amor........................ ..................................76
A realidade do juízo .......................................................... 80
Perguntas sobre a realidade............................................. 86

PARTE IV
CONSTRUÇÃO INTRASSUBJETIVA DO EU ........................89
Do Eu como causa do mundo para o Eu
como fronteira de diferentes mundos ...........................89
Inibição e realidade.........................................................103
Pensar a realidade..........................................................106

CONCLUSÃO
A REFORMULAÇÃO DA PERGUNTA E 0
HORIZONTE DA ONTOLOGIA ................................. ... 111

REFERÊNCIAS .................................................... 115

SOBRE OS AUTORES .................... 119



RECEBA NOSSAS OFERTAS
E LANÇAMENTOS

Forma de pagamento

Forma de pagamento