DESEJO DE HOMEM. DESEJO DE MULHER? - JORNADAS DE 17 E 18 SETEMBRO 2005

DESEJO DE HOMEM. DESEJO DE MULHER? - JORNADAS DE 17 E 18 SETEMBRO 2005

Código: 9772175408004 (CO.)

Categorias: Lacan / Lacan

Marca: CMC


Editora: CMC
Ano: 2009
Coleção: CADERNOS DA ASSOCIATION LACANIENNE INTERNATIONALE
Número de páginas: 115
Categoria principal: Lacan

leia mais

item indisponível0 unidades em estoque.
  Avise-me quando disponível

Não disponível

Compre com segurança

Compartilhe

Freud havia definido a libido como sendo sempre de essência masculina, implicando desde então que todo desejo projeta em seu horizonte a referência fálica. Essa disposição deveria satisfazer a ideologia igualitária de nossas sociedades: um sintoma fálico para todos. Sendo o ideal um casal de dois rapazes, fica em suspenso a questão de qual dos dois é falho! O desejo, em compensação, partilha as posições de um em lugar de sujeito e do outro em lugar de objeto, reintroduzindo a radicalidade de uma assimetria independente do sexo biológico e do estatuto do gênero. O fato de que essa disparidade de lugares seja vivida como um fracasso esclarece a busca de modalidades de relações sem hiância, sobretudo segundo o princípio de um gozo hedonista enfim compartilhado. O levantamento contemporâneo coletivo do obstáculo do recalque sexual faz aparecer que é sobre o real do não-rapport sexual que se abate a censura, tornando, a partir de então, esse não-rapport insuportável, e até mesmo traumático, levando, por outro lado, a uma tentativa de sutura e ao mesmo tempo repudiando toda alteridade. No contexto dessa mutação, merecem ser novamente reexaminadas as relações atuais entre homem e mulher e principalmente a questão do desejo feminino em sua dimensão de alteridade e seu lugar, que não seja a tradicional resposta histérica. Os psicanalistas proporiam uma outra alternativa aos impasses do debate atual?

Sumário

INTRODUÇÃO 7
Jean-Louis Chassaing, Conceição Beltrão Fleig

PREFÁCIO À EDIÇÃO BRASILEIRA 9
Marisa Fiumanò

ABERTURA 12
Marisa Fiumanò

¿MISTER, ARE YOU A LESBIAN?¿ 13
Jean-Louis Chassaing

DESEJO DE HOJE 21
Jean-Luc Cacciali

RETORNO À LAMELA COMO SUPERFÍCIE DA INSCRIÇÃO DO DESFIO SEXUADO 27
Annemarie Hamad

OS ACIDENTES DO DESEJO ENTRE A IDENTIDADE DE GÊNERO E ESCOLHA SEXUAL 33
Fabrizio Gambini

COMO UMA MULHER SE AUTORIZA A DESEJAR? 39
Marisa Fiumanò

ATUALIDADE DE DORA 49
Françoise Rey

INCERTEZAS DO DESEJO FEMININO 53
Christiane Lacôte

HETERONOMIA DO DESEJO 61
Jean-Paul Hiltenbrand

DESEJO DE PAIXÃO 75
Renata Miletto

NORA CAÌA COMO UMA [UVA PARA JIM.
EXCURSÃO EM TORNO DO DESEJO MASCULINO E FEMININO 83.
Muriel Drazien

SEU DESEJO ME CONCERNE 89
Cécilia Hopen

O DESEJO DE MINHA IRMA 97
Charles Melman

BASTA PASSAR A PONTE 103
Jean-Jacques Tyszier



RECEBA NOSSAS OFERTAS
E LANÇAMENTOS

Forma de pagamento

Forma de pagamento