MÃES-FILHAS - UMA RELAÇÃO A TRÊS

MÃES-FILHAS - UMA RELAÇÃO A TRÊS

Código: 9788533620278

Categoria: Infância

Marca: WMF


Autor: CAROLINE ELIACHEFF, NATHALIE HEINICH

Tradução: CLAUDIA BERLINER

Coleção: Psicologia e Pedagogia

Editora: Martins Fontes

Ano: 2004

Número de páginas: 338

Categoria principal: Infância



item indisponível0 unidades em estoque.
  Avise-me quando disponível

Não disponível

Compre com segurança

Compartilhe

Como se operam a transmissão dos papéis e a construção das identidades, de geração em geração.
Talvez os homens não saibam, mas o tema sobre o qual a maioria das mulheres prefere conversar entre si não são eles, mas a mãe delas.
Com efeito, embora nem todas as mulheres se tornem mães e nem todas as mães tenham filhas, todas têm uma mãe. Indagar sobre a relação mãe-filha é portanto a sina comum a todas. É também a dos homens, implicados, quer queiram, quer não, nessa relação.
A partir de casos tomados da ficção ( romances e filmes), Caroline Eliacheff e Nathalie Heinich reconstituem o leque de todas as relações possíveis, mostrando como se operam a transmissão dos papéis e a construção das identidades, de geração a geração.

Preâmbulo XIII

PRIMEIRA PARTE
Mais mães que mulheres

1- Mais mães que mulheres e filhas-bebês 5
O pai ou o filho? 6
O menino ou a menina? 10

2- Mais mães que mulheres e menininhas 12
Belíssima 12
A expulsão do pai 13
Da dominação ao abuso narcisista 15
O devir da criança abusada 17

3- Mais mães que mulheres e adolescentes 20
Circuito Carole 21
A culpada 25

4- Mais mães que mulheres e filhas adultas 27
A pianista 27
Os reveladores 30
A insatisfeita 33

5- O incesto platônico 35
A exclusão do terceiro 35
O casal mãe/filha 40
Um ponto cego 43

SEGUNDA PARTE
Mais mulheres que mães

6- Mães-esposas 51
Um amor Com destinatário errado 52
A paixão pela posição social 53

7- Mães-amantes 56
Emma e Berta 56

8- Mães-estrela 62
Sonata de outono 63
Uma constelação de estrelas 72
O público e o privado 74

9- Assimetrias 76
A exclusão 76
A culpa 77
Nem más nem boas 79

TERCEIRA PARTE
Mães e/ou/nem mulheres

10- Nem mães, nem mulheres 85
Marnie 86

11- Ou mães, ou mulheres 89
A letra escarlate 89
O piano 91

12- Mães e mulheres 95
De uma culpada, a outra 96
A filha seduzida pelo amante da mãe 99
A mãe sedutora do amante da filha 108
O incesto do segundo tipo 113

QUARTA PARTE
Mães extremas

13. Mães superiores 121
A beleza 122
Uma Superioridade estruturante 123
A desgraça 124
O abuso desnarcisante 127
A mãe e a escrava 129

14- Mães inferiores 132
Uma inferioridade contranatural 132
O se tornar-inferior da mãe 135
A inferiorização da mãe 137
A inferioridade abusiva 140

15- Mães ciumentas 143
A ambivalência das mães 144
Mães narcisistas 146
Parar o tempo 149
Da comparação à competição 150
Dos ciúmes à inveja 151

16- Mães injustas 153
As duas irmãs 154
Irmão e irmã 156
A criança acusadora 159

17- Mães com falhas 161
Falha objetiva, falha subjetiva 161
Instáveis 163
Filhas da filha 165
Depressivas 168
Loucas 170
Abandonantes 173
Mortas 176

18- O incesto do primeiro tipo 181
A porta do fundo 182
Estupro 184
A pele de asno ou o lugar da mãe 186
O incesto 189

QUINTA PARTE
Do ser-filha ao se tornar-mulher

19. Mães-acompanhantes 199
Sem segredos para a mãe 200
O noivo fantasma 201

20- Mães-lei 204
A mãe confidente 205
Permissividade e interiorização 209

21- Mães casamenteiras 211
A idade difícil 212
Mães cafetinas 215

22- Partir, voltar 221
Sair de casa 221
Voltar para a casa da mãe 223
A escolha de objeto 226

23- O complexo da segunda 229
Lilith - Rebeca 230
Os romances da segunda 232
Entre psicanálise e antropologia 235
O que não muda 238

SEXTA PARTE
Do se tornar-mulher ao se tornar-mãe

24- A transmissão interrompida 247
A maternidade recusada 247
A maternidade entravada 250
Falha de transmissão 253
25- Em volta do berço 256
O anúncio a mamãe 257
Futura mamãe 258
Quando a criança chega 260
Mães substitutas 263

26- Tornar-se ou não igual à mãe 268
Transmitir o abandono 269
Transmitir a vergonha 272
Transmitir a solidão 274
A questão do por quê? 276

SÉTIMA PARTE
Lutos

27- Lutos por uma filha 283
As crianças também morrem 283
Perder a filha 285
O terrorismo do sofrimento 288

28- Lutos por uma relação 291
A renúncia à onipotência 291
A renúncia à admiração 295
Tornar-se mãe da mãe 297

29- Lutos por uma mãe 300
Na adolescência 301
Na idade adulta 304
Os limites da ficção 306

Conclusão 309

Da pluralidade das relações 311
Amor não basta 313
O terceiro 315
A identidade 317

Bibliografia 323
Índice das ficções literárias 329
Índice dos filmes 333
Índice dos autores 335



Forma de pagamento

Forma de pagamento