PSICANÁLISE, SABERES E PRÁTICAS EM SAÚDE

PSICANÁLISE, SABERES E PRÁTICAS EM SAÚDE

Código: 9788544406755

Marca: Editora CRV


Organizadoras: Leônia Cavalcante Teixeira / Sônia Wan Der Maas Rodrigues 

Editora: CRV

Ano: 2015

Número de páginas: 310

Categoria Principal: Psicologia da Saúde



R$62,90

até 2x de R$31,45 sem juros

1 unidade em estoque.

Em estoque

Compre com segurança

Compartilhe

A Psicanálise surge na aurora do século XX como um campo do saber que vai na contracorrente dos avanços civilizatórios, apontando, como afirma Sigmund Freud, para o mal-estar inerente à entrada na cultura e seus dispositivos. O campo da saúde assim como o conhecemos na modernidade, por sua vez, tem seu arsenal teórico e prático pautado em uma tentativa de disciplinarização dos corpos e espaços, como bem apontou Michel Foucault ao longo de sua obra. Dois campos, duas éticas, portanto. Entre eles uma interseção: a clínica, que recolhe os efeitos desse mal-estar, seja ele nomeado como angústia, sofrimento ou doença.
A pergunta que invariavelmente se coloca para todo aquele que, atravessado pela psicanálise, se aproxima do campo da saúde é: o que pode a psicanálise frente aos discursos estabelecidos no campo da saúde, hoje em dia marcados tão fortemente pela conjunção entre o discurso universitário e o discurso capitalista?
O livro que ora temos em mãos trata-se de uma abertura de possibilidades para fazer avançar esse questionamento e desdobrar vias de respostas possíveis.
Advertidos da indissociabilidade entre saber, política e ética, os organizadores dividem o material em suas partes. A primeira, intitulada PSICANÁLISE, SAÚDE E POLÍTICAS PÚBLICAS permite-nos deslindar problemas cruciais aos quais a psicanálise é chamada a facejar no campo da saúde. São questões que dizem respeito tanto à macropolítica (normatizações, legislações e programas), quanto à micropolítica (relações interdisciplinares, o encontro com o outro, o cuidado com o corpo) sem deixar de trazer para o debate aquilo que atesta a especificidade da psicanálise, a saber, seu compromisso com a clínica. Os textos que aqui encontramos indicam que, enquanto as políticas de saúde são perpassadas por uma lógica universalizante sustentada pelo lema Saúde para todos, a psicanálise comparece aí fazendo furo, introduzindo a política da falta-a-ser.
Na segunda parte do livro A ÉTICA DA PSICANÁLISE NAS INTERVENÇÕES EM SAÚDE: saberes em construção, o enlaçamento que se dá agora é entre a prática e sua ancoragem ética na psicanálise. Aqui, encontramos em meio a domínios tão distintos (como a promoção à saúde, a saúde mental, a oncologia, o transplante de órgãos, entre outros), uma argumentação que lhes dá um eixo comum: uma ética interessada na singularidade e no recolhimento dos ditos por onde transmite-se o desejo.
Assim, entre política, ética e clínica, a obra intitulada PSICANÁLISE, SABERES E PRÁTICAS EM SAÚDE desponta no cenário atual como leitura indispensável a todo aquele que, fisgado pela peste (como Freud referiu-se certa vez à psicanálise) enreda-se no cotidiano das práticas de saúde e interroga-se sobre os saberes que a subsidiam.

SEÇÃO 1
PSICANÁLISE, SAÚDE E POLÍTICAS PÚBLICAS

SAÚDE MENTAL E PSICANÁLISE: recortes epistemológicos 23
Jacqueline de Oliveira Moreira
Fuad Kyrillos Neto
Ângela Buciano do Rosário

POLÍTICAS PÚBLICAS E PSICANÁLISE: incidências no campo saúde mental e na reforma psiquiátrica 39
Sônia Wan Der Maas Rodrigues
Raquel Lima Pedrosa
Leônia Cavalcante Teixeira

DA POLÍTICADO AVESTRUZ À ÉTICA DA RESPONSABILIDADE: considerações psicanalíticas sobre a atualidade dos diagnósticos em saúde mental .4 7
Hilda Pereira Rodrigues
Karla Patricia Holanda Martins

ENTRE O FATO CIENTÍFICO E O DESEJO: a questão da normatividade na promoção em saúde 57
Cristiana Facchineffi
Andréa Barbosa Albuquerque

LAÇOS POSSÍVEIS PARA O PSICANALISTA NA INSTITUIÇÃO DE SAÚDE. 75
Roseane Freitas Nicolau

A ARTICULAÇÃO POSSÍVEL DA INTERDISCIPLlNARIDADE ENTRE PSICANÁLISE E MEDICINA 91
Kalina Galvão Cavalcante
Leônia Cavalcante Teixeira

O CORPO QUE RESTA 99
Fabiano Barros Vasconcelos Leirias
Nanette Zmeri Frej
Maria de Fátima Vilar MeIo

SEÇÃO 2
A ÉTICA DA PSICANÁLISE NAS INTERVENÇÕES EM SAÚDE: saberes em construção

O QUE SE DOA? SOBRE TRANSPLANTE DE ÓRGÃOS, DÍVIDA SIMBÓLICA E ÉTICA. 113
Ana Rosa Alves da Silva
Liduina Farias Almeida da Costa

A CLÍNICA E A SAÚDE MENTAL NA CIDADE: mediando caminhos para a construção de laços sociais dos usuários do CAPS I Porto Cidadania em Cabedelo/PB 137
Zaeth Aguiar do Nascimento
Ana Carolina Amorim da Paz
Égila Alves de Souza
Liliane Félix Ribeiro da Silva
Jackeline Sibelle Freires Aires
Vaneide Delmiro Neves
Cassandra Dias Farias

A CLÍNICA PSICANALÍTICA COMO PREVENÇÃO DA SAÚDE MENTAL NA GESTAÇÃO E NO PUERPÉRIO 151
Teresa Freire
Daniela Chatelard

SOU VISTO, LOGO EXISTO - a relação observadora-bebê durante uma observação psicanalítica em ambiente institucional 163
Rose Daise MeIo do Nascimento
Janari da Silva Pedroso

O COTIDIANO COMO ESPAÇO DE INTERVENÇÃO CLÍNICA .... 183
Cristina Pinheiro de Sousa
Clara Virgínia de Queiroz Pinheiro

ESPAÇO E ESCRITA NO OUTRO 195
Volmir Mielczarski dos Santos
Marta Regína de Leão DAgord

A IMPORTÂNCIA DOS VÍNCULOS NA QUALIDADE DE VIDA DOS PACIENTES ONCOLÓGICOS 205
Lindinaura Canosa
Mariema Lessi

O CORPO E SUAS (RE)APRESENTAÇÕES NA CONTEMPORANEIDADE:
consumo, moda e a clínica psicanalítica 215
Darla Moreira Cameiro Leite
Flávia Cecília Da Silva Medeiros
Marília Romero Campos
Raissa Rabelo Marques

A DOR EM CENA: a fibromialgia entre o discurso médico e a psicanálise 231
Iracema do Ceará Guimarães
Maria Celina Peixoto Lima

A INFLUÊNCIA DO CULTO À BELEZA NA DECISÃO PELA CIRURGIA PLÁSTICA EM JOVENS UNIVERSITÁRIOS 253
Cristina de Santiago Viana Falcão
Ana Maria Fontenelle Catrib
Rosendo de Freffas Amorim
Francisco José Rodrigues

MIGRAÇÕES E ALTERIDADE: desafios para a saúde coletiva 271
Natália Ramos

SOBRE OS AUTORES 301



RECEBA NOSSAS OFERTAS
E LANÇAMENTOS

Forma de pagamento

Forma de pagamento