PSICOSE, AUTISMO E FALHA COGNITIVA NA CRIANÇA

PSICOSE, AUTISMO E FALHA COGNITIVA NA CRIANÇA

Código: 9788588640078 (CO)

Categorias: Lacan / Lacan

Marca: CMC


Autor: Gabriel Balbo e Jean Bergès
Tradução: Ângela Vorcaro e outros
Editora: CMC
Ano: 2003
Nº páginas: 207
Categoria Principal: LACAN

leia mais

item indisponível0 unidades em estoque.
  Avise-me quando disponível

Não disponível

Compre com segurança

Compartilhe

Esta obra se apresenta como a seqüência da elaboração do conceito e da clínica do transitivismo a que Gabriel Balbo e Jean Bergès deram início em Jogo de posições da mãe e da criança . A partir do instante em que se trata de crianças autistas ou psicóticas, os autores colocam em evidência a importância teórica e clínica da contribuição decisiva de Lacan: o grande Outro.

Balbo e Bergès sustentam que não se pode mais falar de psicose, de autismo ou de falha cognitiva na criança como entidades autônomas que suporiam uma etiologia linear ou uma causalidade plurifatorial. Ao contrário, é necessário considerá-las como modalidades de respostas a fatores predeterminados que se organizam de forma complexa, sob o modo de uma topologia em constante transformação em torno desse ponto de arrimo e de referência que é o grande Outro para a criança, os pais, o analista e a instituição. Os autores mostram como se articulam as funções, as posições e as relações recíprocas do grande Outro com as formações do inconsciente descobertas por Freud e retomadas por Lacan.
Com crianças psicóticas e autistas, a ambição dos autores é oferecer os elementos próprios para estabelecer uma direção do tratamento que leve em conta não somente a problemática de sua estrutura, mas também o peso, as incidências, as articulações e os entraves cognitivos que precederam e seguiram seus problemas, e que foram durante muito tempo conotados pelo termo debilidade.

Sublinhando o que as transformações incessantes em jogo na clínica têm de dinâmico e de útil, os autores propõem uma elaboração teórica rigorosa que incita os analistas a tomarem a liberdade de proceder e de inventar.

Sumário
Introdução 07
I. Sobre o grande Outro 09
Querem minha perda 2 9
O narcisismo 39
Retorno a Ovídio 39
Narciso 40
A mãe e seu narcísico recém-nascido 42
Não há narcisismo possível antes do estádio do espelho 44
4. O corpo: imagem, convicção e desconhecimento 51
Imagem real, imagem imaginária, imagem simbólica 51
Psicose narcísica 52
A convicção 56
5. Instalação das funções defensivas do psicótico 65
O corpo nas funções defensivas psicóticas 70
Boca, dentes, lábios, língua 71
A mão 72
O jogo do interruptor 75
O olhar 76
A questão do espelho e do psicótico 77
Consequência do lado do enquadre do espelho 80
6. Funções defensivas e psicose 85
Qual é o motor desse processo? 90
7. A função paterna e seus funcionamentos 99
Uma particularidade antilhana 100
Demanda do genitor, caso de autismo 104
O auto-engendramento 107
O recalcamento 109
8. O pai e o falo 115
O que é o Nome-do-Pai? 115
Como isso acontece para a menina e para o menino? 116
Para a menina 116
Para o menino 117
O que é ser pai? 119
9. Falta de transitivismo: apostas trágicas para o
sujeito e o grande Outro 121
As vicissitudes da demanda 126
Ataque ao pai 131
O transitivismo põe em cheque a perda 132
10. Aproximação das diversas funções defensivas 135
Defender-se da mãe-a-única 136
O perseguidor como função defensiva 138
Função defensiva da imagem simbólica na psicose narcísica 144
11. Psicose e autismo: casos clínicos 151
Primeiro exemplo 152
Segundo exemplo 154
Sonho e parto, autismo e narcisismo 171
Psicose infantil, falha cognitiva 181
Relação de termos psicanalíticos abordados 200



RECEBA NOSSAS OFERTAS
E LANÇAMENTOS

Forma de pagamento

Forma de pagamento